sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Compromisso não cumprido pela Prefeitura de Goiânia aumenta drama dos diabéticos

Vereadora Priscilla Tejota (PSD) denúncia que secretária Fátima Mrué fez compromisso junto à Comissão de Saúde e até hoje não deu retorno aos pacientes diabéticos.


iris_rezende-41


A prefeitura de Goiânia escora numa muleta manjada para gestão sem criatividade e disposição para agir diante dos problemas que requerem uma atenção especial. 

A alegada crise financeira não era segredo para ninguém desde o ano passado, mas a população decidiu apostar em Iris Rezende, um gestor experimentado e que sempre encarou os problemas mais complexos de frente. 

 A gestão Iris não conseguiu normalizar a entrega de insumos para os diabéticos, que segundo dados oficiais são cerca de 187 pessoas que dependem do fornecimento de insumos para sobreviver. 

 A situação é desesperadora para quem padece da enfermidade e depende do poder público para ter qualidade de vida. Iris Rezende decepciona em todos os aspectos neste início de mandato.

Seguidores