domingo, 13 de dezembro de 2015

Com gol de Paulinho no fim, time de Felipão vence e encara Barça no Mundial | Assuntos de Goiás – Questão Brasil

Campeão mundial pelo Corinthians em 2012 marcou o gol decisivo do time chinês aos 47 do segundo tempo

Único campeão do Mundial de Clubes da Fifa em campo, Paulinho fez valer sua experiência para decidir o jogo em favor do Guangzhou Evergrande em uma vitória no sufoco sobre o América, do México, por 2 a 1, neste domingo, em Osaka, na estreia das duas equipes no torneio disputado no Japão.
O campeão mundial pelo Corinthians em 2012 marcou o gol decisivo do time chinês aos 47 minutos do segundo tempo, decretando a virada do Guangzhou, ao lado dos companheiros Robinho, Ricardo Goulart e Elkeson e do técnico Luiz Felipe Scolari. A equipe chinesa avançou à semifinal, quando terá pela frente o poderoso Barcelona.
Paulinho definiu a vitória no sufoco ao escorar de cabeça cobrança de escanteio. O lance coroou sua boa atuação no segundo tempo, na companhia de Ricardo Goulart. Os outros brasileiros em campo não foram tão bem e acabaram sendo substituídos na segunda etapa por Felipão.
Guangzhou e América fizeram um duelo equilibrado desde o início. Aplicados na marcação, não davam espaço para o rival e as poucas chances de gol surgiam apenas em lances de bola parada. A melhor chance da etapa foi do time chinês, com Robinho, em chute perigoso de canhota. O goleiro Muñoz fez a defesa.
Depois de um primeiro tempo truncado, as duas equipes se abriram mais na segunda etapa e os gols começaram a sair. Aos 9 minutos, o América abriu o placar em cruzamento da direita para Peralta, totalmente livre de marcação na pequena área, cabecear para as redes - o atacante foi o algoz da seleção brasileira na final olímpica de Londres-2012.
Em vantagem, o América seguiu ameaçando a defesa chinesa. Tinha maior volume de jogo e parecia perto do segundo gol. Até que Paulinho deu boa assistência para Zheng Long empatar o duelo aos 35 minutos do segundo tempo. Incansável, o brasileiro pôs um ponto final na partida, que parecia se encaminhar para a prorrogação, ao anotar o segundo dos chineses nos acréscimos.
Agora o Guangzhou vai se preparar para o confronto mais difícil deste Mundial. Felipão e Paulinho vão reencontrar Neymar e Daniel Alves, seus companheiros na Copa do Mundo de 2014, na semifinal deste Mundial de Clubes, na próxima quinta-feira, no duelo contra o Barcelona, de Lionel Messi e Luiz Suárez.
FICHA TÉCNICA:
AMÉRICA-MEX 1 X 2 GUANGZHOU EVERGRANDE-CHN
AMÉRICA - Muñoz; Paul Aguilar, Goltz, Pablo Aguilar, Samudio; Sambueza, Andrade, Guerrero, Quintero (Arroyo); Benedetto (Martínez) e Peralta. Técnico: Ignacio Ambriz.
GUANGZHOU EVERGRANDE - Li Shuai; Zhang Linpeng, Feng Xiaoting, Kim Young-gwon, Zou Zheng; Paulinho, Zheng Zhi, Huang Bowen (Gao Lin), Ricardo Goulart, Robinho (Zheng Long); Elkeson
(Yu Hanchao). Técnico: Luiz Felipe Scolari.
GOLS - Peralta, aos 9 minutos, Zheng Long, aos 35, e Paulinho, aos 48 minutos do segundo tempo.
CARTÃO AMARELO - Feng Xiaoting.
ÁRBITRO - Jonas Eriksson (SUE).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Osaka Nagai Stadium, em Osaka (Japão).
71211

Seguidores