terça-feira, 28 de julho de 2015

O que Eduardo Cunha contou para 500 empresários em São Paulo?

O Presidente da Câmara segue sendo o centro das atenções de uma crise sem precedentes, há que defenda, tem quem critique, mas o certo é que a crise, ou as crises, institucionais, política e econômica vão ganhando aos poucos ares de indissolúveis. Os personagens que tem ganhado os holofotes, assumido o protagonismo ou o antagonismo dos atos que teimam em contrariar os propósitos que se buscam.

Dilma Rousseff ainda é a Presidente da República de um país que teve evolução no campo social na última década, negar isso é como se Pedro negasse Jesus pela quarta vez e como nada tem o viés da perfeição, ainda mais se tratando de política, o legado petista não será lembrado pela ajuda aos pobres e sim pela corrupção que consumiu sonhos e o futuro de uma nação, levando junto a saúde, a educação e a segurança das pessoas.

Claro que Eduardo Cunha não disse aos empresários, ainda mais sendo ele um dos pinos que a investigação da operação lava jato tem como alvo. Mas nem precisava dizer nada, pois aonde estas figuras, Dilma, Cunha, Aécio, Lula e outros surgem é apenas para deixar a sensação que os problemas da nação sequer começaram, e depois que eles se expressam temos a certeza que o poço é muito mais fundo do que nossa vã filosofia pode supor. 
O que Eduardo Cunha contou para 500 empresários em SP | EXAME.com

Seguidores