Trem-salão Paulista: TCE julga que contrato entre CPTM e Alstom "desatende interesse público"

A multinacional francesa é uma das empresas investigadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público por integrar o cartel de trens e metrôs que operou em São Paulo entre 1998 e 2008 – governos Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin, todos do PSDB.

O Tribunal de Contas do Estado também impôs multa de pouco mais de R$ 6 mil aos dirigentes da estatal, responsáveis pela celebração do contrato.

A decisão do TCE cita os nomes de Láercio Mauro Santoro Biazotti, Sérgio Luiz Gonçalves Pereira e Álvaro C. Armond.
TCE julga que contrato entre CPTM e Alstom “desatende interesse público”Reinaldo Cruz | Questão Brasil | Tecnologia da Informação: TCE julga que contrato entre CPTM e Alstom “desate...:

Postagens mais visitadas deste blog

Atlético MG derrota o América e vai decidir o mineiro com o Cruzeiro