Policial que matou jovem negro em Ferguson pede demissão e espera que sua atitude acalme o País

Ele diz que ainda que espera que sua saída da polícia permita aos habitantes de Ferguson "curar" as feridas abertas pela morte de Brown.

No dia seguinte à decisão do júri que o livrou das acusações, Wilson deu uma entrevista à ABC News afirmando que tem "a consciência limpa" em relação ao caso.

"A razão para ter a consciência limpa é que sempre agi da maneira correta", disse ele ao canal de televisão americano, em sua primeira entrevista sobre o incidente.
G1 - Policial que matou jovem negro em Ferguson pede demissão - notícias em Mundo

Postagens mais visitadas deste blog

Atlético MG derrota o América e vai decidir o mineiro com o Cruzeiro