Dilma esta entre as 30 testemunhas indicadas por Marcelo Odebrecht

As vésperas de a Odebrecht fechar os maiores acordos de delação premiada e de leniência na Lava-Jato, envolvendo Brasil, Suíça e Estados Unidos, o ex-presidente da empreiteira Marcelo Bahia Odebrecht arrolou 30 testemunhas para sua defesa, incluindo a ex-presidente Dilma Rousseff, os ex-presidentes da Petrobras José Sérgio Gabrielli e Graça Foster, os ex-ministros Guido Mantega e Jaques Wagner e doze executivos ligados à companhia - entre estes, como ele próprio, ao menos seis estão negociando delação, incluindo o pai de Marcelo, Emílio Odebrecht.



Postagens mais visitadas deste blog

Atlético MG derrota o América e vai decidir o mineiro com o Cruzeiro