segunda-feira, 27 de junho de 2016

Após perder patrocinador por escândalos de corrupção, CBF briga por R$ 135 mi na Justiça | @Reinaldo_Cruz – Assuntos de Goiás – Questão Brasil

 
Tem coisa que realmente foge a compreensão humana, a CBF é hoje vista como um antro de corrupção, o Presidente da entidade não pode nem sair do país porque tem receio de ser preso e extraditado para os Estados Unidos e como os cidadãos brasileiros vão ver as marcas que se associam a uma entidade falida moralmente...

 Petrobras e Sadia resolveram cair fora deste barco por não querer mais ter seus nomes associados a CBF. 

Vender produtos por meio de uma associação desta natureza. 
  

Seguidores