domingo, 24 de abril de 2016

Conor McGregor nega aposentadoria e critica UFC

O irlandês Conor McGregor, o campeão peso-pena do UFC, quebrou o silêncio nesta quinta-feira e negou que tenha se aposentado (apesar de ter dito exatamente isso no Twitter há dois dias). 

O lutador de 27 anos explicou por que não compareceu a um evento do UFC, o que resultou em seu corte do badalado UFC 200, e criticou a organização, por promovê-lo demais.
Após 15 meses afastado dos octógonos, Jon Jones voltou a ter um cinturão sobre o ombro neste sábado. 

O título não é o absoluto, é interino - o campeão linear, Daniel Cormier, se lesionou e teve de desistir de enfrentá-lo nesta data - e a performance do ex-campeão dos pesos-meio-pesados do Ultimate foi bem aquém do que apresentou durante seu reinado na divisão. 

Mesmo sem ritmo, contudo, "Bones" mostrou lampejos de seu talento durante uma performance estratégica e fez o suficiente para dominar Ovince St-Preux, que saiu derrotado por decisão unânime (50-44, 50-45, 50-45) na luta principal do UFC 197, na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas.


Seguidores