quinta-feira, 24 de março de 2016

Taticamente ningém foi melhor do que Johan Cruyff, nem Pelé


A Quinta feira amanheceu mais triste, o futebol perdeu um de seus maiores representantes. Johan Cruyff, visto como o mais perfeito jogador taticamente e líder do chamado Carrossel Holandês que revolucionou os esquemas táticos e que funciona até hoje. 

Cruyff, um dos maiores ídolos da história do Barcelona, morreu aos 68 anos, depois de lutar contra um câncer no pulmão.

Cruyff teve um câncer no pulmão diagnosticado em outubro do ano passado, quando iniciou sua luta contra a doença. 

No mês passado, o ídolo holandês chegou a dizer que estava vencendo a batalha "por 2 a 0", elogiando o trabalho dos médicos que vinham comandando seu tratamento.

Seguidores