quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Muricy Ramalho é apresentado na Gávea, cobra postura e comprometimento dos jogadores | Blog do Rei

Novo treinador assina por dois anos, fala bastante em melhorar estrutura do Ninho do Urubu e sai em defesa de Guerrero e Cirino: "Não podem ter esquecido de jogar"
A confirmação de Muricy preocupa alguns atletas, principalmente aqueles envolvidos no episódio do afastamento e posterior reintegração - Cirino, Alan Patrick, Pará, Everton e Paulinho - por terem participado de uma festa logo após um treino, alguns analistas associam a perda do comando de Oswaldo de Oliveira e a postura do time nos últimos jogos do Brasileirão, em que foi detectada a mais pura falta de interesse do grupo de jogadores.

- Não sou dono de nada, mas isso é uma coisa natural. Não dá para ter esse tipo de jogador hoje, que tanto faz ganhar e perder. Tem que ser profissional, ser cobrado por isso. Claro que vai ser cobrado, assim que tem que ser. Essa coisa de estar cuidando do cara... Não sou pai, nem babá. O que tem que exigir é o mínimo, que tem que dar em campo. Tem que pensar no torcedor. Esse tipo de jogador não convence mais. A gente vê quem é o cara. Pessoal vir aqui, fazer bom contrato, não é assim... Tem essa coisa do Flamengo estar organizado, todo mundo quer vir. Mas ele tem que dar resultado, vai ser pressionado para isso. Senão fica lá tomando cerveja.

Muricy está empolgado com o desafio de, junto da diretoria, melhorar a estrutura do futebol rubro-negro.

- Agradeço ao Flamengo pelo convite. Fiquei muito honrado pela transparência e organização. Desafio muito grande. Ganhar no Flamengo deve ser uma coisa muito legal. Estou à disposição e com certeza vou colaborar com a diretoria. E vamos melhorar a parte de estrutura.

dad8a-esporteenoticiay

Seguidores