quinta-feira, 16 de junho de 2011

Botafogo é o 10º colocado - @Reinaldo_Cruz #ASBUG #REINALDOCRUZPRESIDENTE

Fogão arranca o empate fora de casa e chega a 4 pontos no Brasileirão Uma boa atuação no primeiro tempo e muita entrega na etapa final. Com estes ingredientes, o Botafogo empatou em 2 a 2 com o Ceará neste sábado, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Elkeson e Antônio Carlos fizeram os gols do Glorioso, que ainda mandou uma bola na trave no fim. O próximo adversário é Coritiba, domingo, no Stadium Rio. Durante a semana, Caio Júnior havia afirmado que queria uma equipe que atuasse da mesma forma dentro e fora de casa, sem se intimidar. E foi o que aconteceu no primeiro tempo. O Botafogo teve o domínio das ações, maior posse de bola e jogou dentro do campo do Ceará. Com muito ímpeto ofensivo, o Botafogo foi atrapalhado duas vezes pela arbitragem logo no início. No primeiro lance, Everton tentou um drible, mas seu marcador cortou com a mão na entrada da área, mas a falta não foi assinalada. Depois, Maicosuel lançou Herrera em condição legal, porém foi marcado impedimento inexistente em boa chance alvinegra. Apesar destes lances, o time continou bem e criando oportunidades. Everton e Lucas Zen tiveram chance, mas não concluíram bem. Aos 18, o jovem volante lançou Maicosuel, porém Fernando Henrique saiu da área e conseguiu evitar. O estilo agressivo do Botafogo proporcionava espaços ao Ceará, que pouco ameaçava. O time de casa se preocupava mais com a marcação, principalmente no lado esquerdo, onde Cortês e Everton mostravam bom entrosamento. Foi pelo setor que saiu o primeiro gol, porém a jogada foi individual de Elkeson, concluída com um forte e chute e a colaboração de Fernando Henrique, aos 28. Era um gol para premiar a boa atuação alvinegra no primeiro tempo. Porém, no futebol, um único erro pode ser fatal. Foi o que aconteceu em desatenção do setor defensivo aos 35. Osvaldo aproveitou a sobra e bateu no canto para empatar. O gol não abateu o Botafogo, que quase desempatou ainda na etapa inicial. Em boa jogada de cortês, Everton cabeceou rente à trave. Depois, aos 39, Elkeson fez fila em bela jogada, mas finalizou mal de perna esquerda. O equilíbio foi a tônica do início do segundo tempo, com o Ceará tentando pressionar e o Botafogo contra-atacando. O time da casa arriscava cruzamentos e chutes de fora da área, sem sucesso. O Glorioso assustou com finalizações de longe, como uma de Alessandro para fora e outra de Elkeson, aos 9, que Fernando Henrique espalmou para escanteio. Caio Júnior, que já havia trocado Everton e Maicosuel de lado, tirou o primeiro para colocar Thiago Galhardo. Porém, o duelo continuou nos chutes de fora da área, com o Ceará virando o jogo em um belo gol de Michel, aos 17. O Botafogo viveu um momento de instabilidade, mas sem desistir e buscando o empate a todo custo. O prêmio pela dedicação veio aos 28. Elkeson cruzou, Marcelo Mattos brigou e Antônio Carlos colocou uma nova igualdade no placar: 2 a 2. O jogo ficou aberto. Júnior teve boa chance, mas cabeceou para fora. Do outro lado, aos 44, Elkeson fez grande jogada e tocou para Caio finalizar de mansinho. A bola, caprichosamente, tocou na trave e não entrou. No último lance, Elkeson cruzou, Marcelo Mattos quase alcançou e o zagueiro por pouco não fez gol contra. Um azar que impediu a vitória do Botafogo. BOTAFOGO: Renan, Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Lucas Zen (Somália), Maicosuel (Caio), Elkeson e Everton (Thiago Galhardo); Herrera. Técnico: Caio Júnior Fonte: Site do Botafogo

Seguidores